Dicas para Montagem de um Simulador de Vôo

 

A simulação de vôo é sem dúvida uma porta de entrada para os futuros pilotos e uma ferramenta importante para pilotos que diariamente se aventuram pelos céus do pais a trabalho e/ou lazer nesta maravilhosa atividade que é “voar”.

 

Existem diversos tipos de simuladores de vôo dos mais simples aos mais complexos, alguns deles que possuem certificação e contam “horas de vôo” para pilotos no mundo real.

 

O intuito deste artigo não é falar sobre eles, mas sim sobre como graças a tecnologia é possivel hoje montar um bom simulador de vôo em casa e sentir a prazerosa sensação de ser um piloto voando as mais diversas aeronaves disponiveis.

 

 

Pergunte a qualquer futuro piloto se ele nunca se imaginou pilotando um Boeing ou um Airbus, estas grandes aeronaves que cruzam os céus e atravessam continentes. Mas os pilotos sabem quantos caminhos devem percorrer (muitas horas de vôo), para ser um dos “felizardos” escolhidos após muito esforço para poder realizar este sonho de ser um comandante em uma grande companhia aérea!

 

 

A simulação de vôo neste ponto é magnifica...ela traz a possibilidade de pilotar pequenas e grandes aeronaves, monotores, bi-motores e até mesmo caças da força-area que somente pilotos militares tem a felicidade de voar, pelos mais diferentes aeroportos do mundo e utilizando os mesmos procedimentos exercidos no dia-dia pelos pilotos.

 

 

O intuito desde artigo é trazer dicas para a montagem de um Simulador de Vôo que atenda as suas expectativas e que não seja aquele tipo que é basicamente “um monte de joysticks e acessórios” que vão ficar na mesa ocupando espaço.

 

 

Dica 1: Escolhendo um bom computador

 

 

Antes de mais nada, para você ter um bom simulador de vôo você precisa de um bom computador. E o que seria um bom computador? É sempre dificil falar sobre capacidade de computadores uma vez que tecnologia evolui muito rápido mas, é possivel ter em mente algumas regras:

 

 

  • Quanto mais rápido o processador melhor! Simuladores de vôo são softwares que se utilizam de muitos cálculos e por isso, quanto mais rápido for seu processador melhor.
  • Quanto mais memória melhor! Memória nunca é demais...e quanto mais seu computador tiver melhor! Hoje em dia muitas aplicações ficam rodando em background e consumindo a memória disponivel, deixando as vezes pouca memória para o software de simulação. O próprio software de simulação se utiliza de muita memória para carregar os mapas e quanto mais ele conseguir alocar, mais rápido e com menos possibilidade de “travar” durante a simulação.
  • Placa de Video! Sem dúvida a placa de vídeo é um dos itens mais importantes para um simulador de vôo. Quanto mais pontente e com mais memória de video melhor, isto porque o simulador de vôo irá alocar muita memória e possui gráficos muito realistas, que com certeza você adoraria ver...afinal ligar um simulador com tudo no “baixo” é uma coisa chata..rs se você quer ver as arvores, os carros passando na rua...tenha uma boa placa de video com bastante memória.. ainda mais se você pretende usar resoluções altas como HD (1920x1080) e/ou mais de um monitor.

 

Escolha um bom computador e verifique os requisitos mínimos de harware do software de simulação, lembre-se que são “requisitos mínimos” para rodar o software e não os “melhores requisitos”.

 

Hoje em dia uma configuração "recomendada" seria:

 

 

  • Processador i5 ou i7 com mais de 2.5Ghz
    8Gb RAM (aconselharia 16Gb)
    1Tb de HD
    Placa de Video Aceleradora (Nvidia ou Radeon) com pelo menos 8Gb dedicado

 

 

 

Dica 2: Escolhendo o software de simulação

Existem alguns softwares simuladores de vôos disponiveis no mercado, e os mais conhecidos são o X-PLANE, Microsoft Flight Simulator X, Microsoft Flight.

 

Qual simulador de vôo usar?

 

A minha dica é...teste todos e veja qual você gosta mais....particularmente acho o X-PLANE o melhor simulador de vôo, mas isto não quer dizer que o Microsoft Flight Simulator X não seja bom. O X-PLANE é sem dúvida muito poderoso e muito real... mas ainda não tem bons cenários disponiveis aqui para o Brasil. Já o Microsoft Flight Simulator X tem ótimos cenários para o Brasil...por isso a dica é use os dois e veja qual você se adapta melhor.

 

Dica 3: incluindo os acessórios

 

Uma vez no mundo da simulação você irá perceber que sem os acessórios corretos será bem dificil e sem emoção voar....mas quando incluir os acessórios certos cada vez ficará mais emocionante e real a simulação. Primeiro de tudo indicaria começar com os acessórios básicos (Yoke/Joystick, Throttle e Pedais (Rudders)). O Yoke é o modelo mais comum utilizando amplamente na aviação em aeronaves como Boeing, Cesnna, Piper entre outros...já os Joysticks são mais usados nas aeronaves militares mas, tem crescido o seu uso nos dias atuais, devido as aeronaves com Glass Cockipt possiblitando uma visualação melhor dos instrumentos de vôo. Fabricantes como Cirrus, Embraer e até mesmo os novos do Cessna, já vem com este tipo de controle.

 

 

Sem dúvida um dos melhores fabricantes hoje em dia para este tipo de acessórios é a Saitek, devido a qualidade e a precisão de seus controles. Recomendo o Saitek Yoke System e o Saitek Rudder Pedals e/ou o Mad Catz Saitek PS3/PC Aviator Stick que temos disponiveis em nossa loja.

 

 

Dica 4: Incrementando o seu simulador

 

 

O segundo passo após já estar voando no seu simulador com seu Yoke/Joystick e seu pedal, é incluir mais acessórios para deixar ainda melhor a simulação. Você pode incrementar ainda mais seu simulador incluindo o painel Saitek Pro Instrument Flight (você pode incluir os 6 instrumentos primários de vôo) e deixando o seu monitor totalmente livre, apenas com a visão do céu como se estivesse em um cockipt de verdade. Acrescente também Saitek Pro Flight Switch Panel e o Saitek Radio Panel para ter todos os controles a sua mão e não ter que ficar utilizando o mouse na sua simulação, afinal o mouse não existe em um avião de verdade...

 

 

Claro a partir deste ponto é com você pois, existem inúmeros outros acessórios que podem tornar o seu vôo ainda mais real como a inclusão de novos monitores (2,3,4...) e até mesmo a montagem de um cockipt de madeirra para alocar os instrumentos e melhores assentos.

 

 

Dica 5: Procure utilizar o simulador como um “verdadeiro simulador”...

 

 

Agora espero que as dicas tenham sido úteis para ajudar na montagem do seu simulador, e nós da AVIATORS.COM.BR estamos aqui para apoiar nossos clientes e parceiros. 

 

A última dica é...VOE no simulador como se estivesse voando em um avião de verdade. Procure seguir os regulamentos de tráfego aéreo, utilize as cartas e faça seu  planejamento de vôo, treine fonia utilizando o rádio e se inscreva em algumas das ótimas companhias aéras virtuais de simulação de vôo. Aos poucos vá aumentando o grau de dificuldade, inclua panes, teste seus conhecimentos e se divirta...afinal isto deve ser algo prazeroso pra você.

 

 

Dica 6: Voar...Voar...Voar....

 

 

E claro não se esqueça... Voe !!! Voe !!! Voe !!! lembre-se que a proficiência é muito importante e quanto mais você voar mais vai aprender e aperfeiçoar sua capacidade. Inicie com vôos curtos e gradativamente vá aumentado as distâncias de um aeródromo a outro, aumente os desafios incluindo mudanças no clima, vôe por instrumentos, faça aproximações tanto VFR como IFR e utilize todo o poder do seu simulador de vôo.

 

 

E lembre-se voe com segurança !!!


Receba descontos especiais e ofertas exclusivas em seu e-mail